Este texto é baseado no livro chamado "Descargas Elétricas, Ondas e Impulsos e outros Transientes" que contém uma série de palestras de Charles Proteus Steinmetz.

​​

A FERROCELL

 

O objetivo deste experimento é demonstrar que as linhas magnéticas e dielétricas da Ferrocell descrevem exatamente a mesma geometria para o campo magnético, de forma que os conceito de Steinemtz . Estes conceitos podem ser resgatados e aplicados nos estudos da eletricidade e magnetismo, trazendo um novo repensar, ampliando as possibilidades de desenvolvimento científico e tecnológico.

 

Além disso, os conceitos são tão abrangentes que propõem a unificação de todas as forças do universo num único elemento, qual seja; o magnetismo.

Em última instância tudo seria resultado das interações elétricas entre todos os elementos materiais que nos cercam.

Experiências em gravidade zero, efetuadas com partículas de diversas naturezas em suspensão aquosa, demonstram que existe uma força que leva a formação de aglomerados de partículas em cadeias.

Estes fenômenos estão reportados em diversas fontes acadêmicas*.

“Acredita-se que interações eletrostáticas de longo alcance desempenham um papel importante na interação de partículas minúsculas, causando por vezes a acumulação de partículas em grupos maiores."

 

As próprias partículas podem ser quimicamente neutras, mas podem ganhar grandes cargas positivas ou negativas através do atrito durante eventos de colisão. No entanto, exatamente como as forças eletrostáticas afetam o processo de agregação é mal entendido, porque os experimentos devem ser feitos na ausência de gravidade.”

Entretanto, apesar da dúvida existir pelo modelo atual, ela deixa de existir na conceituação de magnetismo proposta por esta abordagem.

De fato, este fenômeno é perfeitamente explicável por meio da teoria elétrica, pelo que, todo átomo tem funcionamento similar a um pequeno ímã.

"As supostas polaridades Iguais se atraem e as diferentes se repelem. " Este é o conceito atual, mas será que é válido ?

*https://physicsworld.com/a/tiny-particles-dance-around-each-other-in-near-zero-gravity/

A Ferrocell é composta de duas placas de vidro, entre as quais está um líquido "isolante" no qual foi dissolvido nanopartículas de ferro. Então a célula é iluminada ao redor e um ímã é colocado sob ou sobre ela, resultando na visualização de linhas magnéticas e dielétricas, conforme previsto por Charles Proteus Steinemetz.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now